Se você ainda acha que games e videogames são “coisas de menino”, não poderia estar mais errado. O mundo vem mudando em ritmo frenético e hoje, segundo pesquisas, o número de mulheres que jogam games já consegue superar – até por conta dos mobiles – em quantidade os tais meninos.

Mas se há um lugar no qual elas estiveram sempre presentes quando o assunto se trata de games, é dentro dos próprios jogos. Personagens femininas não apenas existiram desde os primórdios da jogatina virtual, mas tiveram papeis importantíssimos ao longo dos anos.

Partiu então para a mulherada dos videogames?

Samus Aran

Se você não conhece a história completa e só vê a armadura grandona da série Metroid, pode acabar se confundindo até hoje. Mas Samus Aran foi uma das grandes surpresas da década de 1980, quando ao final do seu primeiro título, revela que a pessoa controlada por você ao longo de todo o jogo era uma mulher de baixo de toda aquela tecnológica parafernália de metal, sendo a primeira grande heroína de ação da história dos games.

Essa é Samus pouco antes da revelação bombástica
Essa é Samus pouco antes da revelação bombástica

Lara Croft

Esqueça a Angelina Jolie. Esqueça os polígonos. Mesmo que essa tenha sido uma personagem das antigas, o melhor retrato do poder de uma mulher é mostrado pela Lara Croft, que apareceu após o reboot, em 2013. Mais bonita do que antes, mesmo com medidas reduzidas, a aventureira mostra que não é só de força que um herói – ou uma heroína, no caso – vive.

Vejam como a bela Larinha evoluiu
Vejam como a bela Larinha evoluiu

Mai Shiranui & Chun Li nos games de luta

Escolhemos as duas como as mais clássicas e sexies personagens de jogos de lutas. Donas de características exageradas, até hiperssexualizadas, mas também de muita força para derrotar marmanjos nos torneios de luta. Dá para fantasiar bastante com os pululantes peitões da Mai e com as flexíveis giradas da Chun Li, não?

Mas como balança, hein, Mai
Mas como balança, hein, Mai
Agora imagina um anal giratório com a Chun Li...
Agora imagina um anal giratório com a Chun Li…

Harley Quinn

Apesar de ter sido criada nos desenhos animados para uma história que originalmente é dos quadrinhos, a sexy palhaça psicopata – que em breve veremos no cinema também – tem sua construção mais bem trabalhada nos videogames, tanto na série Arkhan dos jogos do Batman quanto em Injustice.

Se eu fosse você, não ficaria de palhaçada com a Arlequina
Se eu fosse você, não ficaria de palhaçada com a Arlequina

Mas e as gatas do CameraHot?

Apesar das camgirls estarem do outro lado da telinha, é difícil de considera-las outra coisa que não personagens reais, extremamente reais. Mas vale falar que dentro dessa mudança de panorama em relação aos games, não são poucas as gatas que, se não jogam, levam caras associando toda sua beleza à cultura videogamística.

laryavon_sexo_ao_vivo_camerahot_games
Larya Von é conhecida como jogadora de LOL além de camgirl
gamersexy_sexo_ao_vivo_camerahot
Gamersexy já se define pelo nome
sexyangel_sexo_ao_vivo_camerahot_games
Sexy Angel posa com Nintendo 64
COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui