relatos de uma camgirl

Neste dia, estava a conversar com alguns usuários/amigos que fiz através do site no chat livre, quando de repente um usuário entra na sala e imediatamente chama ao privado.

Logo de cara ele me faz elogios sobre meu corpo, dizendo ser maravilhoso e sobre minha pessoa, o modo de conversar com as pessoas, já que em outra ocasião ele havia ficado na sala observando o meu jeito de lidar com todos, dos mais safados aos mais tranquilos. Ali já tinha notado que se tratava de algo especial, um usuário sem pressa, realmente interessado em mim como um todo e não somente em meu corpo.

insanegirl_sexo_ao_vivo_camerahotEssa menina sabe como deixar qualquer um pirado

Conversamos por áudio durante alguns minutos coisas da vida e o papo foi esquentando, como acontece normalmente em um relacionamento, ele começou a relatar sobre coisas que gostava numa transa, à princípio, coisas normais como a maioria dos homens, como fazer sexo oral, anal e vaginal, mas ele repetia muito sobre sexo oral no ânus, o famoso beijo grego.

Nesse momento, comecei a notar algo diferente nesse homem, o que foi mexendo com a minha imaginação, me deixando mais curiosa sobre o que realmente ele gostava numa transa, fui deixando ele bem à vontade com a situação, estimulando ele a se soltar ainda mais, dizendo que passaria a língua em seus testículos e desceria um pouco mais abaixo e foi daí que ele foi se soltando e revelou que o que ele mais gostava em uma transa era ser estimulado no ânus, dizia como era gostoso sentir uma língua naquele ponto dele, foi se soltando cada vez mais, falando sobre um dedinho “lá” e aquela situação foi me deixando completamente excitada, já que era algo novo pra mim, sentia meu corpo trêmulo, com muito tesão.

Entrei completamente na fantasia do usuário e estava adorando, foi quando ele me falou sobre uma amiga ‘boneca/transex’, que adorava que ‘ela’ penetrasse nele, naquele momento ele já estava totalmente entregue ao prazer com aquela voz ofegante, sem medo de revelar seus desejos mais ocultos, foi então que eu já totalmente despida coloquei meu consolo de 23 cm entre as pernas, simulando ter um pênis e pedi para que ele sentasse de frente pra mim, estaria estimulando seu ânus e o masturbando ao mesmo tempo, então com a imaginação a mil, cheguei ao ápice do prazer, o momento mais esperado em uma transa, com o consolo entre minhas pernas entrando em atrito com meu clitóris e o tesão daquela situação nova, cheguei a um orgasmo longo e delicioso, logo em seguida ele percebendo que eu havia gozado, também gozou, ficamos ali por alguns minutos, ele agradecendo por aquele momento único e eu ainda me imaginando numa transa como aquela, posso afirmar que esse dia tive tanto ou mais prazer que ele.

insanegirl_sexo_ao_vivo_camerahot1
Que louco, não?

23

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário
Por favor, insira seu nome aqui